Programa do IMAMA é apresentado no Fórum de Primeiras-Damas da Granpal

Proposta é de capacitação nos municípios criando uma rede de acolhimento e prevenção para quem trata o câncer de mama

 

A saúde da mulher e a prevenção ao câncer de mama foram tema da reunião mensal do Fórum de Primeiras-Damas da Granpal. O encontro, realizado nesta quarta-feira (20), na sede da entidade no Instituto Caldeira, contou com a presença da diretora de projetos do Instituto da Mama do RS (IMAMA), Rita Cunha. Ela apresentou o projeto SOS IMAMA – Rede de apoio para o diagnóstico ágil do câncer de mama.

A ideia proposta é capacitar os municípios, criando uma rede de acolhimento e apoio, estimulando o diagnóstico ágil e reduzindo a mortalidade pela doença. A formação dessa rede seria selecionada e qualificada pelo IMAMA, facilitando o acesso ao exame de mamografia, garantindo a gestão do cuidado e a continuidade de tratamento eficaz às pacientes diagnosticados com câncer de mama. As etapas consistem em  mapeamento da realidade local; parcerias; capacitações; seminários; e relatórios para Secretaria Estadual da Saúde. 

Nos municípios da região Metropolitana, a sugestão é a criação de estruturas compostas por servidores da área da saúde, agentes comunitários e de instituições sociais locais. 

A coordenadora do Fórum e primeira-dama de Guaíba, Deise Maranata, avalia o encontro como estratégico para o desenvolvimento dos municípios. “Conhecemos um projeto inovador, com a possibilidade de capacitar servidores municipais para que possam cuidar e acolher quem passa por um momento difícil, que é o tratamento de um câncer de mama. A mulher fica fragilizada, tem a questão do cabelo, da estética e todos os demais fatores que implicam na baixa auto estima. Se tivermos uma equipe acolhedora e comprometida, com certeza fará muita diferença no tratamento”, ressaltou. 

Para a primeira-dama de Nova Santa Rita, Eliane Stumm, a reunião foi muito proveitosa pela importância do tema abordado, e por se tratarem de atividades com o objetivo de cuidar da saúde das pessoas, com foco em uma doença que acomete e tira a vida de tantas mulheres anualmente. 

O Fórum, que reuniu além de primeiras-damas também secretárias e secretários de Políticas para as Mulheres, debateu as ações previstas para o Agosto Lilás, mês de prevenção à violência contra a mulher.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique e saiba mais.