Municípios metropolitanos terão representação em Brasília

Capaz de potencializar reivindicações da Região Metropolitana em interface direta com a União e captar melhores oportunidades e recursos, a Granpal prevê contratar um interlocutor para atuar na Capital federal. Essa foi uma das principais pautas que uniram os prefeitos da Associação nesta terça-feira (26), em Santo Antônio da Patrulha.

Para o presidente e líder do Executivo de Cachoeirinha, Miki Breier (PSB), a inovação necessária busca auxiliar os municípios e a região, especialmente na captação de recursos disponibilizados pelos ministérios, verbas extra orçamentárias e no alerta de linhas de crédito ofertadas via Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv).

Também favorável à medida, Daiçon Maciel da Silva (MDB) crê que a iniciativa será uma abertura de novos caminhos. “Essa representação precisa ser proporcional à grandeza do nosso peso político e de responsabilidade coletiva”, defendeu o prefeito patrulhense.

O prefeito de Viamão, André Pacheco (PSDB), e a gestora municipal de Nova Santa Rita, Margarete Ferreti (PT), endossaram a força da decisão. “Há muito tempo percebo essa necessidade. É em Brasília que a distribuição acontece e precisamos estar mais perto para conseguirmos reforçar entregas nas nossas cidades”, afirmou Margarete.

Novos passos

O diretor executivo da Granpal, José Luis Barbosa, colocou sobre a mesa a proposta da possível realização de um concurso público de forma consorciada. Para Barbosa, a implementação precisa ser amadurecida pelo coletivo de prefeitos, mas cumpre o objetivo de preencher lacunas importantes e estratégicas nas mais diversas áreas de gestão. “Seria como um banco de talentos, um suporte para qualificar os quadros técnicos das nossas prefeituras, puxando para cima a régua do mérito”, enfatizou.

Nesta edição do projeto “Hora da Visita”, foram apresentadas aos gestores públicos propostas sobre geoprocessamento e uma plataforma de gestão de recursos e sistema de inteligência em saúde pública. “É importante conhecermos alternativas criativas qualificadas que possam melhorar nossas soluções diretas ao cidadão”, disse Pacheco, prefeito de Viamão.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique e saiba mais.