Granpal apresentará demandas da Região Metropolitana ao governo do Estado

Prefeitos da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) estiveram reunidos, nesta quinta-feira (25), em Assembleia Geral. Durante o encontro, foi debatida a pauta que será apresentada ao Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Na audiência, que está sendo viabilizada pelo presidente Miki Breier para o mês de maio, serão apresentadas demandas coletivas e semelhantes das cidades que compõem a associação.

Na pauta, estará a atuação do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, além de pedido de esclarecimentos sobre o órgão público que cuidará da mobilidade na Região Metropolitana, pauta que dialoga com o sistema viário, com a circulação de pessoas e mercadorias e com o desenvolvimento dos municípios. “Nosso objetivo é resolver problemas que dependem do Estado e que afetam o dia a dia da população de todos os municípios. Somos mais de 3 milhões de pessoas vivendo na nossa região”, destacou Miki Breier, que é prefeito de Cachoeirinha.

Para o líder do Executivo de Esteio, Leonardo Pascoal, o papel da Granpal é preponderante nesse processo de construção e amadurecimento estratégico. “Aqui estão as cidades da Região Metropolitana representadas. Nós é que vivemos e conhecemos as realidades dos nossos municípios”, defendeu.

Daiçon Maciel da Silva, prefeito de Santo Antônio da Patrulha, pediu o apoio da Granpal para que o município seja aceito pelo Estado como integrante da Região Metropolitana. “Com o apoio de todos, teremos mais investimento e atenção dos poderes, sobretudo na área da segurança e na relação com os órgãos regionais de governo”, afirmou.

 

 

Economicidade e gestão

O presidente Miki Breier apresentou aos demais gestores municipais o novo diretor-executivo da Granpal, José Luís Barbosa. Especialista em Gestão Pública e Direito Administrativo, recentemente presidia a Fundação de Proteção Especial do Estado. “Com ampla experiência na dinâmica e no processo administrativo, o novo diretor terá a responsabilidade de ampliar as entregas numa lógica de transparência e economicidade com a verba pública”, disse Breier.

Barbosa buscará reduzir o déficit da instituição e visitar demais associações municipais e entidades representativas para ampliar o leque de ofertas do colegiado de gestores que representa 25% do PIB gaúcho. “Esta associação tem uma voz forte, ela instrumentaliza e capacita os prefeitos e seus servidores. Aqui, também nos cabe criar soluções novas para problemas idênticos e de décadas. Mas esse exercício precisa ser feito com responsabilidade e zelo pelo dinheiro público. Iremos buscar novos parceiros, ampliar a relação com entidades privadas e governamentais, e também estreitar laços com aqueles que puderem nos auxiliar na missão de promover os serviços, o crescimento e o protagonismo da Granpal”, salienta.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique e saiba mais.