Gestantes têm Ioga em Santo Antônio da Patrulha

Em Santo Antônio da Patrulha, gestantes estão participando de uma prática diferente, que oferece mais qualidade de vida às mesmas e para seus bebês. A prefeitura, através do Centro de Atenção Psicossocial, da secretaria municipal da Saúde está oferecendo aulas de Ioga para as mamães, o que segundo estudos pode facilitar também, na hora do parto.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Magda Bartikoski, a ação faz parte da retomada do programa Mãe Patrulhense, que além de oferecer o acompanhamento às gestantes do município, contribuirá na luta para que Santo Antônio da Patrulha volte a ter obstetrícia no hospital. A secretária diz que todos os grupos de gestantes do município contarão com a atividade de Ioga.

De acordo com o terapeuta ocupacional, Ricardo Soster, que aplica as aulas para as gestantes, a yoga na gravidez com suas técnicas de respiração, ajudam a gestante a controlar a ansiedade. “As posturas auxiliam a diminuir as dores causadas pela gestação, fortalece o assoalho pélvico, preparando-o para o parto. A recuperação do corpo no pós-parto também é acelerada em mulheres que praticam a Ioga”, explica. Soster diz ainda que o autoconhecimento do corpo, proporcionado pela prática, promove um vínculo maior entre mãe e bebê.

O tema desenvolvido na quinta-feira, (29/06), na ESF Bom Princípio, a pedido das gestantes foi a respiração a ser realizada na hora do parto, visando benefícios durante esse procedimento e também para o bebê.

Foi realizada uma vivência sobre a Respiração Completa, forma correta de respiração, indicada não apenas às gestantes, mas a todos indivíduos. “Este tipo de respiração ajuda nas contratações na hora do parto, pois oxigena o cérebro da mãe e do bebê, liberando endorfina e aliviando as dores. Além disso, é de grande auxílio na hora em que a mãe precisa fazer força no momento do nascimento”.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique e saiba mais.