Cachoeirinha terá Guarda Municipal armada a partir de setembro

A Prefeitura de Cachoeirinha, através da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade, informa que a Guarda Municipal terá permissão para o porte funcional de arma de fogo. A previsão é que até o mês de setembro, cerca de 50 guardas recebam o armamento da Prefeitura, que será liberado pela Polícia Federal, para utilização exclusivamente em serviço. Os guardas que receberão o porte de arma estão desde o ano passado em treinamento, a fim de serem capacitados física e psicologicamente.

O titular da Segurança e Mobilidade, Marco Aguirre, esclarece que o município liberou R$ 100 mil para a aquisição do armamento, adquirindo armas curtas e longas, tais como pistolas calibre 380 e espingardas calibre 12. No total, foram investidos R$ 300 mil para armar a Guarda Municipal. “Antes, o município ficava restrito a apoiar as ações de Brigada Militar. Agora, a Guarda Municipal terá condições de atuar de forma mais efetiva no policiamento em qualquer local da cidade”, pontua o secretário.

O prefeito Miki Breier ressalta que Cachoeirinha segue a tendência de outros municípios, que dispõem de Guarda Municipal armada, como Porto Alegre, Gravataí, Novo Hamburgo, Sapucaia e São Leopoldo. “Em um contexto em que a violência nos centros urbanos é preocupante, além das ações integradas com diferentes órgãos de segurança, é importante que o município também assuma o protagonismo da segurança pública da cidade”, salienta o chefe do Executivo Municipal.

Além disso, paralelamente, um grupo de guardas municipais entrou com uma ação no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul solicitando a liberação do porte de arma de uso particular, durante o deslocamento e o retorno ao serviço. A liberação ocorrerá somente aos guardas que realizaram o treinamento para o uso de arma de fogo.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique e saiba mais.