Programa de Redução de Custos na Administração de Esteio atinge 65% da meta

A meta estabelecida pelo Programa de Redução de Custos na Administração Direta do Município de Esteio deve ser atingida antes mesmo do período estimado no começo desta gestão. Nesta quarta-feira (2), o prefeito Leonardo Pascoal anunciou que, dos R$ 2,25 milhões previstos para serem reduzidos das despesas até o final deste ano, já foram economizados quase de R$ 1,61 milhão, ou seja, 65% da meta inicial. Com a redução, a Prefeitura de Esteio tem conseguido garantir o repasse das licenças-prêmio dos servidores, manter em dia o pagamento dos fornecedores, adquirir novos equipamentos e, principalmente, ampliar a prestação de serviços ao cidadão.

Pascoal destacou que, quando assumiu a prefeitura, entre as ações estabelecidas no plano de governo estava a redução das despesas administrativas, sem que a qualidade dos serviços fosse prejudicada. “Todos os cortes realizados foram planejados para que o trabalho destinado aos moradores não sofresse qualquer alteração. Conseguimos, com o passar dos dias, dar um novo ritmo para a realização das atividades e cumprimento de demandas antigas”, avaliou.

Entre os destaques na redução das contas, o prefeito apontou o corte nas horas extras. Até o final de julho, atingiu uma redução de 55,75% em comparação ao mesmo período do ano passado. “Em 2016 foram gastos mais de R$ 1,05 milhão com pagamento de horas extras. Este ano, nos primeiros sete meses, pagamos apenas R$ 466.512,80, uma diferença de quase R$ 590 mil. São valores que saem do bolso do contribuinte e que agora retornam em forma de serviço”, afirmou o prefeito. “Todo esse controle se dá pela organização das escalas dos servidores, mas especialmente, na presença de pontos biométricos em praticamente todos os setores da administração”.

O PROGRAMA

O Programa de Redução de Custos na Administração Direta, instituído por decreto assinado, nesta em 23 de junho, pelo prefeito Leonardo Pascoal tem por objetivo diminuir em 20% as despesas de custeio das secretarias municipais de Esteio . A meta é economizar R$ 2,25 milhões neste ano, com o corte de gastos dos órgãos municipais com materiais de consumo, locação de bens móveis e imóveis, água, energia e telecomunicações, diárias e horas extras.

Essa não é a primeira medida com o intuito de racionalizar os gastos do poder público na atual gestão. Já foram realizadas, por exemplo, a redução de 55% de gastos com horas extras nos primeiros meses e o corte de 30% do número de cargos em comissão (CC), resultando em uma economia de R$ 2,5 milhões ao ano. Outra ação foi o fim do pagamento de triênios e quinquênios para os CCs.

A redução expressiva não significou redução no oferecimento de serviços pela Administração Municipal. Pelo contrário: com a reorganização de horários, por exemplo, nas secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos e de Segurança e Mobilidade Urbana, a Prefeitura ampliou as equipes de limpeza e os horários de fiscalização de trânsito e da Guarda Municipal, com o projeto Guarda Mais Presente.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clique e saiba mais.